Blog Vida Animal

  • Vida Animal

Como saber se é a hora de levar meu pet ao oftalmologista? Alguns sinais importantes!

Nós sabemos expressar para as pessoas que estão ao nosso redor quando sentimos que nossa visão já não está tão boa quanto já foi um dia, mas e nossos pets? Como identificar e capturar os sinais que eles dão quando a miopia, astigmatismo, hipermetropia ou outras doenças chegam? Continue conosco e descubra alguns!


Fique em alerta quando seu pet:


- Pisca os olhos com bastante frequência;

- Apresenta manchas incomuns nos olhos;

- Não consegue abrir os olhos;

- Lacrimeja muito, assemelhando-se ao choro;

- Fica com olhos avermelhados por muito tempo

- Apresenta tamanhos diferentes nas pupilas;

- Anda e esbarra nos móveis;

- Apresenta secreção nos olhos de forma excessiva, muita remela;

- Aparenta ter cegueira noturna ou diurna;

- Apresenta pálpebras irritadas ou muito avermelhadas;

- Apresenta intolerância a lugares muito claros;

- Está sempre com os olhos muito secos;

- Apresenta olhos maiores do que o habitual;

- Apresenta coloração esbranquiçada em excesso.


Existem raças mais predispostas do que outras?

Infelizmente sim! Algumas raças como Boxer, Pug, Shi Tzu, Pequinês, Lhasa Apso, Bulldog Inglês, Boston Terrier, Bulldog Francês, podem ser mais sensíveis do que outras por conta de seus olhos maiores e focinhos achatados. Contudo, tutores de raças como Cockers, Poodles, Rotweillers, São Bernardo, Shar Pei e Chow-Chow também devem ficar mais atentos aos sinais.


Os sintomas destacados acima podem ter diversos diagnósticos, como a Catarata, Conjuntivite, Ceratoconjuntivite seca, Doenças das pálpebras e cílios, entre outras; por isso o recomendado é que nunca tente medicar ou limpar os olhos do seu pet por conta própria, consulte sempre um profissional especializado de confiança. Combinados?


49 visualizações