Blog Vida Animal

  • Vida Animal

Pets em apartamento, como detectar comportamentos anormais!

Em cenários de quarentena ou isolamento parcial é comum que alterações de comportamento denunciem que nossa saúde mental está começando a se fragilizar, mas já paramos para colocar em pauta a saúde mental dos nossos pets? E quando eles não contam com espaços abertos ou livres suficientes para aliviar seu estresse, depressão ou insatisfação, como identificar e lidar com sintomas de anormalidade? Vamos conversar um pouco mais sobre isso agora.



Conheça seu pet

Pode parecer simples, mas conhecer bem o pet é o primeiro passo para detectar algo não habitual em seu comportamento. Passe tempo com ele, observe o tanto de alimento e água que consome, onde faz suas necessidades, se é mais preguiçoso ou brincalhão. Analisar a normalidade é primordial para reconhecer quando algo não vai bem.


De olho no contexto

Nem tudo quer dizer que seu pet está doente. Se vocês mudaram-se recentemente, se passeia com ele com menos frequência ou gasta pouco tempo com seu amigo, a atitude incomum pode ser apenas uma fase de adaptação ao novo contexto. Mas fique sempre atento para que este padrão não se prolongue demais.


Identificando os sinais

Existem diversos padrões que se expressos demasiadamente devem deixar um tutor alerta, são eles:


- Medo: Se o seu pet demonstrar expressões de medo (orelhas baixas e corpinho encolhido) com frequência e sem motivo aparente, pode ser um novo sinal.


- Desânimo: Quando cães e gatos brincalhões demonstram várias vezes que não estão com ânimo para brincar ou até mesmo passear, fique atento.


- Excessos: Diferente do tópico acima muito ânimo também pode ser um indicador de que algo na rotina dele não está indo muito bem.


- Alterações no peso: Se seu pet tem ganhado ou perdido peso repentinamente pode haver um problema comportamental escondido entre as razões.


- Insônia: Acredite, este não é um problema reservado aos humanos! Um sono desregulado pode apresentar um problema desconhecido pelo tutor.


- Ansiedade: geralmente é expressa por condutas exagerados ou irregulares nos pets. Pode ocorrer também quando os pequenos começam a agir de formas novas frente a situações habituais.


O que fazer seu meu pet manifestar algum desses sintomas?

Leve ele em seu veterinário de confiança. Neste momento é muito importante ter por perto profissionais de prontidão para socorrer e devolver o bem-estar aos nossos amiguinhos.


Entre em contato com Vida Animal e escolha a unidade mais próxima!


20 visualizações